em Artigos

Com o advento da pandemia, o setor têxtil se mobilizou de diversas formas para auxiliar no combate ao COVID-19, inicialmente com vendas revertidas em doações, produção massiva de máscaras de proteção estilizadas com a cara de cada marca, doações milionárias dos grandes players desse marcado, mas atualmente nota-se uma nova estratégia.

Muitas empresas têm mobilizado seu ativo financeiro em pesquisas para a implementação de tecidos antivirais, ou seja, tecidos que matam ou neutralizam o vírus que entra em contato com a roupa do consumidor.

Essa ideia foi executada por diversas empresas nacionais, desde marcas de moda até desenvolvedores de tecido, como a Malwee, Karsten, Lupo, Santista, Demillus, Senai Cetiqt e outras, que conseguiram desenvolver tecidos testados em laboratório, e alguns até mesmo em parcerias com empresas internacionais de inovação para auxiliar na testagem.

O mais curioso é que quando se pensa em uma produção que envolve tanta tecnologia, pesquisas, e, até mesmo, a rapidez no desenvolvimento do produto, o primeiro ponto que se levanta é que o produto deve ter um custo muito alto.

No entanto, essas empresas foram capazes de desenvolver essa produção com valores acessíveis e que cabem no bolso da população, como máscaras duráveis com a proteção antiviral de R$17,00 a R$29,00 e camisetas com valores de aproximadamente R$49,00.

Nota-se a tentativa de uma democratização dessa moda protetiva, com essas empresas muitas vezes renunciando a grande parte de seu lucro, para que as peças atinjam o menor valor possível sem prejudicar as contas da marca, conforme expõe, por exemplo, o Gerente Industrial Têxtil da Malwee, Luiz Thiago R. de Freitas “Enquanto empresa, abrimos mão de grande parte da margem lucro das peças para que o maior número de brasileiros possível tivesse acesso à essa tecnologia, que é uma das primeiras tecnologias têxteis testadas no mundo, com eficácia comprovada em laboratório, contra o SARS-CoV-2”.

Esta associação das marcas com inovação gera efeitos muito interessantes para o titular da marca, fortalecendo sua reputação e credibilidade no mercado, o que também leva a uma valorização econômica da marca.


Referências:

https://www.abit.org.br/noticias/malwee-apresenta-linha-de-roupas-antivirais-contra-a-covid-19

https://www.terra.com.br/vida-e-estilo/moda/elas-no-tapete-vermelho/camisetas-e-mascaras-com-tecido-contra-covid-chegam-ao-mercado,d207b8f1c5ed265e1bd0051e6ccb8740fb1q1ium.html

Contact

Welcome! Please write your message here and we will contact you shortly. Thank you!

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar