Nos últimos tempos, a indústria cinematográfica tem dado destaque a filmes centrados em marcas icônicas, recebendo elogios notáveis pelo fascinante mergulho nos bastidores de sua criação e sucesso. Com isso em mente, apresentamos três filmes que exploram as nuances da Propriedade Intelectual relacionadas a marcas renomadas:

“FOME DE PODER”

Um dos filmes mais famosos sobre marcas, “Fome de Poder” aborda a história da maior rede de fast-food mundial: o MC DONALD’S. 

Estrelado por Michael Keaton que interpreta Ray Kroc, um vendedor que adquire a participação nos negócios dos irmãos Richard e Maurice McDonald e que transforma a marca no império que conhecemos hoje. O filme retrata a história real da marca e como o Kroc conseguiu obter o registro e direitos sobre a marca MC DONALD’S nos Estados Unidos.

A trama segue Ray Kroc, um vendedor de Illinois que, na década de 1950, descobre uma operação de restaurante de fast food inovadora em San Bernardino, Califórnia, administrada pelos irmãos Richard e Maurice McDonald. Kroc fica impressionado com o sistema de preparação rápida de alimentos dos irmãos e vê potencial para transformar o restaurante em uma franquia nacional. Embora inicialmente ele colabore com os irmãos McDonald, ao longo do tempo, Kroc manobra para tomar o controle da empresa, culminando em sua eventual aquisição total da marca McDonald’s, ao mesmo tempo que os irmãos originais são marginalizados.

“Fome de Poder” não apenas oferece uma visão sobre a criação de um dos maiores impérios de fast food do mundo, mas também destaca as tensões e os custos humanos envolvidos em negócios ambiciosos, representando o dinamismo e, por vezes, a ética questionável do mundo empresarial americano.

“A REDE SOCIAL”

O filme foi lançado em 2010, dirigido por David Fincher, é um drama que narra a tumultuada origem do Facebook, a rede social que se tornou uma sensação global. O filme acompanha o jovem estudante de Harvard, Mark Zuckerberg, em sua jornada de criação do site, explorando as amizades testadas, traições e batalhas legais que surgem à medida que a plataforma se expande, destacando as implicações éticas e as complexidades da inovação na era digital.

O filme explora a linha tênue entre inspiração e apropriação, e levanta questões sobre quem realmente “possui” uma ideia e até que ponto essa “ideia” pode ser protegida legalmente. Através das batalhas judiciais retratadas, o filme ilustra a importância de estabelecer claramente os direitos e expectativas relacionados à propriedade intelectual desde o início de qualquer empreendimento.

“PIRATAS DA INFORMÁTICA

Este filme de 1999 retrata a tumultuada ascensão de dois titãs da tecnologia, Apple e Microsoft, através das perspectivas de seus carismáticos fundadores, Steve Jobs e Bill Gates e destaca a inovação, a intensa rivalidade e as controvérsias que marcaram o início da era dos computadores pessoais, explorando tanto a genialidade quanto os embates éticos que definiram a trajetória desses pioneiros da tecnologia. 

No que tange à Propriedade Intelectual, o filme destaca questões sobre a apropriação de ideias e tecnologias. Um exemplo central é a controvérsia envolvendo a interface gráfica do usuário (GUI). Jobs é retratado visitando o Xerox PARC e, posteriormente, introduzindo a GUI no Macintosh da Apple. Gates, ao ver essa inovação, desenvolve algo similar para a Microsoft, levando a acusações de cópia por parte da Apple. O filme, assim, explora as linhas tênues entre inspiração, inovação e apropriação no contexto da propriedade intelectual no emergente mundo da tecnologia da época.

Os filmes mencionados destacam a interseção crucial entre inovação, empreendedorismo e propriedade intelectual. Seja retratando as origens de uma rede social global, o domínio do fast-food, ou a revolução da tecnologia, cada história ressalta a importância de proteger invenções e marcas. 

O próximo RICCI NO CINEMA abordará filmes sobre mulheres na Propriedade Intelectual. Ficou curioso? Então já prepara a pipoca e segue a Ricci nas redes sociais 🍿 🎬

Para mais informações sobre proteção de marcas e patentes no Brasil e Exterior, entre em contato com nossos especialistas por e-mail ou WhatsApp.

Autor

  • Brenda Ozaki

    Brenda integra o escritório desde 2020 e atua na área internacional, auxiliando na gestão de portfólio de marcas no exterior.

Contact

Welcome! Please write your message here and we will contact you shortly. Thank you!

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar