em Notícias

Mesmo diante de uma pandemia global causadora de grandes perdas humanas, econômicas e consequente queda do PIB global, a inovação manteve seu crescimento ascendente com um aumento de 4% no número de pedidos de patentes internacionais depositados em 2020.  

A China manteve-se no topo doprincipais depositantes de pedidos de patente internacional via Tratado de Cooperação em Matéria de Patentes (PCT – Patent Cooperation Treaty)com um crescimento de 16,1% em relação ao ano anterior (68.720 processos), seguida pelos Estados Unidos com um aumento de 3%, Japão com uma queda de 4,1%, República da Coreia com aumento de 5%, e Alemanha com uma queda de 3,7%. 

No gráfico abaixo disponibilizado pela WIPO (sigla em inglês para Organização Mundial da Propriedade Intelectual), é possível ver o desempenho dos 10 principais países depositantes de pedidos internacionais em 2019 e 2020.   

Fonte:  WIPO Statistics Database, fevereiro de 2021 

Ainda de acordo com a WIPO, além dos países em destaque, tiveram um crescimento significativo no número de pedidos internacionais Arábia Saudita, Malásia, Chile, Singapura e Brasil. 

A WIPO aponta que há uma tendência, mesmo que a longo prazo, de globalização da inovação, com a Ásia respondendo por 53,7% dos depósitos via PCT. 

Vale destacar o aumento no número de pedidos depositados pela China que a distanciou significativamente dos Estados Unidos. Em 2019 a diferença entre as duas grandes potências era de cerca de 1.000 pedidosjá em 2020 passou a ser cerca de 10.000.  

WIPO ainda destaca que pelo quarto ano consecutivo a gigante chinesa Huawei Technologies lidera com 5.464 pedidos de patentes internacionais em 2020, seguida Samsung Electronics da Coreia, Mitsubishi Electric dJapão, LG Electronics da Coreia e Qualcomm Inc. dos Estados Unidos.  

As principais tecnologias reivindicadas em 2020 foram a tecnologia da computação (9,2% do total), seguida por comunicação digital (8,3%), tecnologia médica (6,6%), maquinário elétrico (6,6%) e medição (4,8 %). 

Os Estados Unidos continuam liderando o ranking das instituições acadêmicas que mais depositam pedidos de patente internacionais. Em primeiro lugar está a Universidade da Califórnia com 470 pedidos e, em segundo, o MIT (Massachusetts Institute of Technology) com 230 processos. 

Fonte:

 https://www.wipo.int/pressroom/en/articles/2021/article_0002.html 

Autor

Contact

Welcome! Please write your message here and we will contact you shortly. Thank you!

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar