O SENTIDO SECUNDÁRIO DA MARCA (“SECONDARY MEANING”). INTERPRETAÇÃO DO ARTIGO 6, QUINQUIES, C.1 DA CONVENÇÃO DA UNIÃO DE PARIS E OS REFLEXOS DO USO PROLONGADO E DAS DEMAIS CIRCUNSTÂNCIAS DE FATO NA PROTEÇÃO DAS MARCAS.

Autor: Antonio Ferro Ricci     – Palestra proferida e publicada nos Anais do XXVI Seminário da ABPI-Associação Brasileira da Propriedade Intelectual, em Agosto de 2006, na cidade de [...]